quarta-feira, 9 de junho de 2010

Amar


Estive pensando muito de ontem até hoje sobre a disposição do ser humano em amar, na totalidade do sentimento e das atitudes, ao seu próximo.
Se antes já era visto a dificuldade que temos em amar aqueles que não fazem parte da nossa história, o desconhecido, o morador de rua, hoje não se consegue amar, respeitar, abrir mão, ser parceiro, das pessoas que estão próximas a nós!

Tenho uma certeza no coração: há uma lei espiritual da semeadura que é certa! O que você planta, você colhe! Semeie amor, semeie educação, paz, compreensão, verdade, companheirismo! Experimente algumas vezes abrir mão da tua própria vontade e fazer a do outro, isso é um tipo de investimento, pode até não voltar pela mesma via, mas volta!

Fico muito triste com a humanidade quando vejo que coisas simples poderiam ser totalmente mudadas com um pouco menos de egoísmo e mais atenção ao outro.

Semana passada tive uma longa (mais ou menos longa rs rs) discussão com Elisia em busca da compreensão das palavras companheirismo, parceria e egoísmo. Tenho consciência de que tenho muita tendência ao terceiro vocábulo, mas luto contra ele, e venço, todos os dias.
Detesto discussão, me lembro das horríveis da minha mãe com meu pai por causa do álcool, me sinto mal, mas elas precisam acontecer para que se chegue a um lugar comum, de paz. E ela não pode acabar sem um acordo, um ponto final, e a renovação das alianças, seja de um casal, de amigos, de sócios.
(Quando resolvi escrever este post não foi pela discussão que tive no fim de semana, mas pelo que vejo ao meu redor, isso só serviu para ilustrar).

PENSE NO OUTRO! APENAS POR HOJE!

Deus é Fiel!

2 comentários:

Fatima disse...

Grande verdade meu amigo!
Bjs.

Solange Maia disse...

concordo plenamente... chega de tanto egoísmo... que pelo menos a gente faça a nossa parte... quem sabe assim teremos um quarteirão melhor, um bairro melhor, uma cidade, etc, etc...

beijo carinhoso e Deus os ilumine nessa nova semana !!!