sábado, 4 de julho de 2009

Independence Day



"Independência é a desassociação de um ser em relação a outro, do qual dependia ou era por ele dominado; É o estado de quem ou do que tem liberdade ou autonomia.
Em Política, o conceito de independência de um país ou território é a conquista e manutenção da sua soberania política e econômica, que pode ser absoluta ou relativa
."


Hoje o mundo comemora o dia da Independência dos Estados Unidos da América. Estava pensando nisso desde o início dessa semana. Sobre o desejo do homem ser independente (tenho que escrever essa palavra beeem devagar, tem muito "n").

Passei a minha pré-durante-pós adolescência desejando ser independente, sair de casa, imaginando que seria fácil e que eram meus pais que faziam com que tudo aquilo fosse triste e complicado. Só consegui aos 24 anos, quando saí de casa, sem estresses, e fui morar em São Paulo, com um sonho de crescer em minha carreira profissional. Aquela seria minha primeira experiência longe da barra da saia da mãe.
Eu já tinha quatro anos de experiência como professor e coordenador de espanhol aqui no Rio e imaginava que seria bem fácil.
O fato é q fiquei uns 03 meses desempregado, hoje confesso que me lembro de uma ajuda financeira que minha prima Bianca me mandava (sem nem imaginar o que eu estava passando), mas o resto foi milagre mesmo. Depois consegui um emprego muito legal, depois outro e outro e deu tudo certo.
No ano seguinte adoeci. Problemas de coração. Não entendi nada. Morria de medo de morrer cedo como meu pai (do coração também) e fui perguntar a DEUS o que estava acontecendo. Era puramente somatização! Eu estava sentindo falta da minha terra, da minha gente, das minhas raízes - que não consegui levar comigo - e meu corpo deu um jeito de chamar minha atenção.
Larguei um emprego, diminui o ritmo de trabalho para ver se meu corpo respondia. Nada! Sabe como melhorei? Voltando pra casa! Sem lenço e sem documento!

Falei de tudo isso pra mostrar que não adianta o homem tentar ser completamente indepedente, nem as nações, só produzem guerra com isso! Precisamos uns dos outros! Seguem minhas necessidades:

Dependo da Palavra de DEUS para alimentar minha esperança;
Dependo do beijo da Elisia pra ter a certeza de que eu preciso de muito pouco pra ser feliz;
Dependo do sorriso da Malú pra esquecer o estresse do meu dia;
Dependo de saber que meu irmão, parentes e amigos estão bem para dormir bem;
Dependo do trabalho na obra de DEUS pra tentar retribuir a vida abundante que ELE me tem dado.
Dependo dos leitores do blog para ter uma injeção diária de ânimo para continuar escrevendo;
Dependo, acima de tudo, do DEUS TODO PODEROSO a cada dia, sem que eu peça, me dando amostras grátis da Sua soberania e controle sobre todas as situações da vida!

Deseje ser dependente de DEUS e tenha um ótimo sábado!

DEUS é Fiel!

4 comentários:

Maxwell de Castro disse...

Opa vou buscar sempre minha dependencia em Deus. Ou seja, dependo dEle pra tudo.
Vlw Leandro !
Tô te seguindo agora.
Boa tarde.

Philip Rangel disse...

Serta qye somos mesmo independentes???
é io caso a pensar......

abraçao

Olavo disse...

È esta certo..
Sem Deus nada existe.
Bom final de semana
Abraços

Fatima disse...

Belo texto Leandro!
Um final de semana abençoado para vc e família.
Bjs.